Com a vinda da segunda onda do Covid-19 no mundo, a população condominial está vivendo mais intensamente nos empreendimentos desencadeando mais consumo, mais barulho e mais conflitos. Outros fatores externos são fechamento de estabelecimentos (alguns temporários, outros em definitivo), aumento do desemprego, recessão à vista e o crescimento da temida inadimplência.

Sem o salário entrando regularmente, é questão de tempo para as pessoas comecem a pesar na balança quais contas pagar, refletindo também na cota condominial. 

Confira a baixo algumas medidas para auxiliar gestores a manter o equilíbrio das contas:

Acompanhe de perto o fluxo de caixa do condomínio

Mais do que nunca, o síndico deve fazer uma análise financeira criteriosa dos centros de custos do condomínio, e certificar de que o fluxo de caixa está sob controle. Nessa fase crítica, o síndico deve trabalhar em sintonia com a sua administradora, que poderá apoiá-lo em diversas frentes.

Desconstruindo questionamentos dos condôminos para reduzir a cota condominial

Muitos síndicos e gestores estão sendo bombardeados por moradores com sugestões e dúvidas sobre manobras para reduzir a cota condominial a todo custo.

“O valor da cota cobre os custos essenciais para manter a valorização do patrimônio, assegurar as manutenções dos equipamentos, reduzir riscos e criar uma atmosfera segura para todos os moradores e funcionários”, relembra a síndica profissional” Tania Goldkorn.

Campanhas de consumo consciente

O síndico deve ter sabedoria e fazer campanhas de consumo consciente de água, luz e gás no momento certo. Embora essas contas possam ter subido porque muitos moradores estão passando praticamente o dia inteiro em suas unidades, eles também estão estressados.

O condomínio deve ter em mãos as contas de consumo e comparar com períodos anteriores para demonstrar a diferença nos valores. Se sentir que há espaço para abordar o tema, o síndico deve passar orientações de como reduzir e utilizar recursos de forma sustentável. Telas nos elevadores e WhatsApp são bons meios de divulgação.

O mais importante nesse momento é manter a calma e atenção nos detalhes do condomínio. Saiba mais sobre esse artigo em:

FONTE: https://www.sindiconet.com.br/informese/covid19-x-saude-financeira-dos-condominios-convivencia-especial-covid-19