Após um ano em pandemia, nos deparamos novamente com mais uma série de restrições nos condomínios como uma tentativa para retardar a contaminação da Covid-19. Durante esse período os condomínios deverão aprimorar ainda mais a limpeza das áreas comuns de circulação e restringir ainda mais as áreas de convivência.

     O elevador como meio de circulação interna precisa ser periodicamente limpo, com álcool disponível durante a utilização, assim como o aviso da quantidade de pessoas permitidas por vez. Os corrimãos de rampas e escadas precisam ser evitados pelos usuários, e frequentemente limpos pela administração do condomínio.

     A utilização de piscinas, áreas de churrasco, sofás, cadeiras de sol e tudo que fizer parte de áreas de lazer precisam ser bloqueadas durante esse período.

     Alguns especialistas indicam o momento como oportunidade para os síndicos fazerem reformas nos locais, a exemplo de pinturas e pequenos reparos.

     Por mais trabalhoso e difícil que seja não poder usufruir das áreas comuns, o período que passamos precisa de mais cuidado e atenção da nossa parte, para preservar a nossa saúde e de terceiros. O síndico, como porta-voz, deve sempre reforçar ações para preservar o bom funcionamento do condomínio e pela integridade dos moradores.