Com a chegada do COVID-19, os moradores de prédios e condomínios passaram a usufruir, mais do que nunca, da conveniência, facilidade, otimização de tempo e de recursos que algumas ideias e tecnologias começaram a proporcionar. Em 2021, algumas tendências em condomínios residenciais serão ainda mais colocadas em prática.

Para facilitar a vida dos síndicos, a NewLine separou algumas tecnologias, serviços, e produtos que estão fazendo toda a diferença nessa época e que já ganharam muitos adeptos.

 

Portaria remota

O condomínio com Portaria Remota garantidos o monitoramento e o controle de acesso de quem entra e de quem sai no condomínio, tudo feito remotamente. Para este momento de pandemia, o condomínio está livre das preocupações que teria com funcionários trabalhando presencialmente na portaria.

Além disso, a Portaria Remota traz segurança para todos os moradores e praticidade no dia-a-dia do condomínio.

Energia Fotovoltaica

É gerada por placas de energia solar, e tem sido uma alternativa que vem ganhando espaço em condomínios residenciais e comerciais interessados em reduzir o valor da conta de luz.

Além disso é também uma forma de contribuir para a sustentabilidade do planeta, menor exposição a inflação e reajustes da tarifa de energia elétrica.

Vacinação:

É uma ação que já tem sido feita em alguns condomínios do Brasil, onde o síndico organiza no condomínio um dia de vacinação sem a necessidade do morador sair de casa. A medida pode ajudar principalmente idosos e pessoas do grupo de risco que estão em isolamento neste período de pandemia.

Há diversas clínicas que atendem dessa forma. Se houver adesão suficiente dos condôminos, cada morador paga pela sua dose e organiza-se a agenda para que haja respeito de distanciamento entre as pessoas, limite máximo por horário e higienização. O condomínio pode aproveitar a ação para vacinar os funcionários também.

Food Trucks:

Food Trucks é uma ideia para promover eventos no condomínio, e também está sendo uma estratégia para fornecer refeições ais moradores que agora trabalham em home office.

Um condomínio de Curitiba organizou um evento on-line com food trucks já conhecidos pelos condôminos. O síndico Flavio Rapp conta que foi enviado o convite, cardápios e contatos para todos os moradores. Os pedidos foram feitos por whatsapp e os moradores foram avisados para buscar na hora em que ficavam prontos. Tudo organizado e sem aglomeração. Quem não podia descer, a entrega era feita na porta da unidade.

Lojas de Conveniência ou Micromarket: Uma startup colocou no mercado um piloto de minimercado para condomínios residenciais. São instalados no condomínio geladeiras ou gôndolas com itens de consumo do dia a dia.

Os moradores fazem a compra no modelo de autosserviço: selecionam os produtos de interesse e fazem auto check-out, pagando diretamente na máquina de cartão de crédito, na base da confiança mesmo. Custo zero para o condomínio, que só deve dispor de uma área para a montagem da “loja de conveniência” local.

FONTE: https://www.sindiconet.com.br/